top of page
Buscar

Adapto – what? –As tendências do mercado de adaptógenos: muito além do hype dos cogumelos.

Você já ouviu falar de adaptogênicos ou adaptógenos?

Talvez você não conheça os termos, mas já tenha entrado em contato com esses produtos mais de uma vez. Pois prepare-se para ouvir muito falar dessas substâncias, que já são queridinhas na América do Norte e lideram um mercado expressivo com projeção de crescimento anual de cerca de 6,2% entre 2021 e 2026, segundo um relatório publicado em 2021 pela Research and Markets, atingindo um tamanho de m



ercado de cerca de US$ 1,7 bilhão em 2026.

 

Mas o que são os adaptogênicos?

 

Os adaptógenos são uma classe de substâncias naturais que ajudam o corpo a se adaptar a estresses físicos, químicos e biológicos. Eles são conhecidos por sua capacidade de regular as funções do corpo e manter o equilíbrio natural. Eles são usados há séculos na medicina tradicional e estão cada vez mais populares no mundo moderno.

 

Os adaptógenos funcionam equilibrando o sistema nervoso e hormonal. Eles ajudam a regular a resposta do corpo ao estresse e aumentam sua capacidade de lidar com mudanças ambientais. Eles também ajudam a fortalecer o sistema imunológico e melhorar a saúde geral.

 

Do que se alimentam e onde vivem?

 

No Brasil, os adaptógenos já consumidos incluem:

 

  1. Ashwagandha ou ginseng indiano: Assim como nos Estados Unidos, a ashwagandha também é muito consumida no Brasil por suas propriedades adaptogênicas que ajudam a reduzir o estresse, aumentar a energia e a resistência física.

  2. Ginseng: O ginseng também é consumido no Brasil, principalmente o Panax ginseng, que é originário da Ásia e é conhecido por melhorar a saúde geral e aumentar a resistência física e mental.

  3. Rhodiola: A rhodiola é uma planta adaptogênica que cresce nas regiões montanhosas da Europa e da Ásia, e que é muito consumida no Brasil por suas propriedades antiestresse e antioxidantes.

  4. Maca peruana: Originária dos Andes peruanos, a maca peruana é uma raiz adaptogênica que ajuda a aumentar a energia, melhorar o desempenho físico e mental, além de aumentar a libido.

  5. Gengibre: Embora não seja tradicionalmente considerado um adaptógeno, o gengibre é uma raiz com propriedades adaptogênicas, capaz de aumentar a resistência do organismo contra o estresse físico e mental.

 

Além desses, existem muitos outros adaptógenos disponíveis no mercado, como a ashwagandha brasileira, o guaraná, a catuaba, a canela, a hortelã-pimenta, entre outros.

 

A evolução do mercado de adaptógenos


O mercado de adaptógenos está em constante evolução. À medida que mais e mais pessoas se interessam por soluções naturais para seus problemas de saúde, a demanda por adaptógenos continua a crescer. As empresas estão se ajustando a essa crescente demanda, oferecendo uma variedade de produtos de adaptógenos, desde suplementos até chás e tinturas.

 

Há diversas pesquisas e dados que comprovam a crescente demanda por adaptógenos nos mercados da América do Norte, Brasil e Europa. Algumas dessas pesquisas incluem:

 

  • Uma pesquisa realizada em 2020 pela Zion Market Research, que estimou que o mercado global de adaptógenos atingiria US$ 3,05 bilhões até 2026, com uma taxa de crescimento anual composta de 6,8% durante o período de previsão.

  • Um relatório de pesquisa de mercado de 2019 da Persistence Market Research que indicou que o mercado de adaptógenos na América do Norte está em crescimento, impulsionado pela crescente demanda por produtos naturais e de saúde e bem-estar.

  • Um estudo realizado em 2020 pela Mintel,  revelou que os consumidores europeus estão cada vez mais interessados em soluções naturais e baseadas em plantas para melhorar sua saúde e bem-estar, incluindo adaptógenos.

  • No Brasil, há um crescente interesse em produtos naturais e orgânicos, incluindo adaptógenos. Uma pesquisa realizada em 2020 pela consultoria Euromonitor International mostrou que as vendas de suplementos alimentares no país cresceram 20% entre 2014 e 2019.

 

 

Como as empresas estão se destacando no mercado de adaptógenos?

 

Com a crescente competição no mercado de adaptógenos, as empresas estão buscando maneiras de se destacar. Algumas empresas estão investindo em pesquisas científicas para validar os benefícios dos adaptógenos, enquanto outras estão criando combinações exclusivas de adaptógenos para atender a necessidades específicas do consumidor. Além disso, muitas empresas estão se concentrando em fornecer informações claras e precisas sobre seus produtos para educar o consumidor.

 

Mas são só cogumelos?

 

Embora diversas marcas aproveitem a hype dos cogumelos, existem adaptogênicos super populares e nacionalíssimos que grande parte dos brasileiros já consome ou consumiu e nem sabia. São eles:

 

  1. Catuaba: a casca da árvore catuaba é usada como um tônico geral, estimulante e afrodisíaco. É considerado um adaptógeno natural por ajudar o organismo a se adaptar ao estresse.

  2. Jatobá: a casca da árvore jatobá é usada na medicina popular como um tônico geral e para tratar a fadiga e o estresse. Possui propriedades adaptogênicas e é considerado um remédio natural para o esgotamento físico e mental.

  3. Guaraná: a semente de guaraná é usada como um estimulante natural e afrodisíaco. Possui propriedades adaptogênicas e é usado para aumentar a resistência física e mental.

  4. Maca peruana: embora seja originária dos Andes, a maca peruana é amplamente cultivada no Brasil e é considerada um adaptógeno natural. É usada como um tônico geral e para melhorar a resistência física e mental.

  5. Pfaffia (ginseng brasileiro): a raiz da planta Pfaffia é usada na medicina popular como um tônico geral, estimulante e adaptogênico. É considerado um remédio natural para melhorar a resistência física e mental, além de ajudar a combater o estresse.

コメント


bottom of page